O Emprego

Pare de trabalhar por alguns instantes e perca alguns minutos vendo essa animação ganhadora de 102 prêmios, desenvolvida pelo estúdio de animação argentino Opusbou.

E depois repense se você deseja voltar... :)

  • Rodrigo P. Tavares

    Muito bom, a única ressalva que fica é esse tipo de reflexão parece tirar todo o poder do individuo e sua capacidade de se organizar. Não que seja o objetivo de um curta mostrar caminhos ou apontar qualquer coisa, mas as vezes me parece que absorvemos muito mais do literal e assim tornamos a reflexão um fim em si. Sei lá.

  • Leonardo Ferreira

    Sensacional!

  • Monique Cavalcante

    Sempre brochante essa demora para carregar vídeos do vímeo. Desde sempre.

  • Beto Andrade

    Excelente a linguagem adotada para refletir com maestria um cotidiano invisível. Soberbo trabalho.

  • Jonas Trentin

    Sorte do dia: Você pode trabalhar!

  • cavalcanti.jjr@gmail.com

    Monica barreto, eu consegui ver o vídeo desativando a função HD, do lado do controlador de volume. Ficou mais fácil apesar de ter travado na primeira vez. Na segunda eu vi de boa. Tenta também.

  • Lygia

    Na boa? Legal, mas não sei pq ganhou 102 prêmios.

  • Ariane

    Quais premios ?

  • Arley Ramos da Silva

    OS primeiros segundos mostram os prêmios.

  • Arley Ramos da Silva

    Ótima animação! Lendo alguns comentários, vejo que o filme faz ainda mais sentido. Muito bom. É um toc na cuca. Fazer você refletir sobre sua participação no jogo da vida.

  • Luiz Orleans

    É a economia, estúpido!…

  • Pingback: el empleo | pelos ares <3()

  • TheTrue

    talvez porque não tinha nada muito melhor concorrendo nas mesma categoria. Ou então porque o homem é tão imbecil, que precise que um desenho imbecil o lembre disso.

  • Marcio José

    Relendo todos os comentários, percebi que pouca gente entendeu o significado surreal e chocante… Não é pra tentar colocar em palavras, apenas… absorver e… Chorar!

  • Danilo LaGuardia

    Achei o mínimo perturbador esse vídeo e me lembrar como parte dessa cadeia de acontecimentos. Lógico que está estilizado e potencializado, mas a lógica dos acontecimentos da maioria (eu entre eles) é doente.